Arquivo da tag: Festival de Música

DUB INCORPORATION Reggae / DUB – Saint Étienne – França

Padrão

Uma banda pouco conhecida por aqui que traz o que há de melhor na cena reggae francesa, Dub Incorporation foi formado em 1997 em Saint Étienne. Combina uma mistura de estilos como o reggae dançante, dub, ska e até hip hop, muita influência de música africana e árabe nas melodias e o mix de inglês e francês nas letras cantadas pela dupla de vocais; Bouchkour que traz o vocal tradicional do “roots reggae” e Komlan que tem a energia e o estilo “ragga dancehall” na voz.

Como o próprio nome da banda diz, o “Dub” também é muito utilizado. Desde o final dos anos 60 na Jamaica esse recurso é muito utilizado principalmente por bandas de reggae, inicialmente foi uma forma de remix onde se retirava grande parte dos vocais e se valorizam mais o baixo e bateria. Muitas vezes também se incluía efeitos sonoros como tiros, sons de animais, sirenes de polícia, etc. Suas bases foram usadas posteriormente em todos os estilos de música eletrônica moderna. Hoje em dia o Dub já é considerado um estilo musical e não mais uma mera forma de remix.

Em 2001 o Dub Inc. começa a ser mais conhecido fora da região de Saint Étienne e ganham a França, onde fazem muito sucesso até hoje, também são bem conhecidos em Portugal, Espanha, Polônia, Bélgica, Alemanha, Itália, Grécia e Suíça.

Discografia:

• Dub Incorporation 1.1 – 1999
• Version 1.2 – 2001
• Diversité – 2003
• Dans Le Decor – 2005
• Live – 2006
• Afrikya – 2008
• Hors Controle – 2010

Vídeos:

My Freestyle: 

Rudeboy: 

Outras boas bandas francesas de reggae:

Raspigaous: http://grooveshark.com/#/artist/Raspigaous/481052

10Ft. Ganja Plant: http://grooveshark.com/#/artist/10+Ft+Ganja+Plant/388317

Fc Apatride Utd: http://grooveshark.com/#/artist/Fc+Apatride+Utd/1556352

Vale a pena escutar!

Por Fabio Marenda/Coluna Alternativa

SOCIAL DISTORTION Punk Rock – Califórnia – USA

Padrão

Uma das maiores e mais respeitadas bandas de Punk Rock do mundo. Social Distortion foi formada em 1978 na cidade de Fullerton na Califórnia. Atualmente com David Hidalgo Jr na bateria, Brent Hardin no baixo, Jonny Wickerdham na guitarra e Mike Ness nos vocais e guitarra. Ness é o único remanescente da formação original, o frontman do “SxDx” (como também é conhecido o Social Distortion.

Alta influência de bandas de punk inglesas e rock’n roll americano, como Johnny Cash, Bob Dylan, The Rolling Stones, Sex Pistols, Ramones e The Clash. Sete álbuns de estúdio, duas coletâneas, um cd ao vivo e dois DVDs. O álbum de estréia “Mommy’s Little Monster” de 1983 fez um grande sucesso nos Estados Unidos.

Tocando o verdadeiro “punk rock old school” a banda tem uma marca registrada e um som inconfundível que passa por hard rockabilly e HC melódico com letras de protesto clássicas do gênero, praticamente todas escritas por Mike Ness.

Alguns anos da banda foram marcados por pausas na carreira devido a prisões do vocalista Ness e períodos de tratamentos dele na tentativa de se livrar da heroína. 2000 foi mais um ano difícil devido a morte do guitarrista Dennis Danell.

Na ativa há mais de 33 anos e com uma passagem pelo Brasil em 2009 o SxDx tem influenciado grandes artistas da cena rock mundial como Pearl Jam, Rise Against, Sum 41, The Offspring, Pennywise, Rancid e outros.

Em entrevista no começo de 2011 Mike Ness afirmou o lançamento do oitavo álbum entre 2012 e 2013.

Clássico que vale a pena escutar!

Story of My Life:

Prison Bound:

Ball and Chain:

Outras bandas:

Face to Face:
http://grooveshark.com/#/album/Live/2460352

Rancid: http://grooveshark.com/#/album/+and+Out+Come+The+Wolves/2366823

Pennywise:
http://grooveshark.com/#/album/Pennywise/1098096

www.socialdistortion.com

Fabio Marenda/Coluna Alternativa

MOLOTOV

Padrão

Rock Alternativo / Hip Hop / Rap Rock – Cidade do México

Formada em 1995 no México o Molotov é uma banda de “mexican alternative rock”. Mistura inglês e espanhol, linhas de baixo e riffs de guitarra pesados. Sons de protesto, letras políticas com críticas principalmente ao sistema de imigração americano e a privação de direitos de cidadãos mexicanos. Visível influência de Hip Hop e músicas tradicionais mexicanas. Além de muito humor e sarcasmo nas letras.

Foram realmente descobertos em 1996 por “caçadores de talentos” da Universal Records que se ofereceu para gravar o primeiro álbum da banda. Assim em 97 é lançado o disco “¿Dónde Jugarán Las Niñas?”, que gerou grande polêmica, pois os principais temas das letras eram sexo e política com muitos palavrões. Várias lojas se recusavam a vender o disco e ao mesmo tempo em que a banda era censurada ganhava cada vez mais seguidores.

Com tanta polêmica foram praticamente banidos do México, e se mudaram para a Espanha. Na Europa receberam o reconhecimento de muitos novos fãs chamando a atenção da mídia, várias publicações rotulavam o som do Molotov como uma música incendiária por natureza… ”dardos envenenados destinados diretamente para o coração do paternalismo opressivo do governo”. Foram algumas vezes comparados ao Rage Against the Machine.

Em 99 lançam o álbum “Apocalypshit” com uma sonoridade incrívelmente complexa. Em 2003, um dos maiores sucessos da banda até hoje, a faixa “Frijolero” veio com o disco “Dance and Dense Denso”.

O álbum “Com todo Respeto” de 2004 trás covers de ZZ Top, Beastie Boys e The Misfits. Com vários trabalhos lançados, sucesso em muitos países de língua espanhola e inglesa, discos de Platina e Ouro na Espanha, Estados Unidos, México, Chile, Colômbia e Argentina e quatro premiações no Grammy Latino na bagagem o Molotov ainda é pouco conhecido no Brasil. Vale a pena ouvir.

www.molotovoficial.com.mx

VÍDEOS:

Mátate Teté

Frijolero

ARTISTAS SIMILARES:

Cypress Hill: http://grooveshark.com/#/album/Los+Grandes+xitos+En+Espa+ol/1767822

Voodoo Glow Skuls: http://voodooglowskulls.com/

Radio Kaos: http://grooveshark.com/#/artist/Radio+Kaos/173277/songs

Fabio Marenda / Coluna Alternativa