O olhar sociológico sobre o universo imagético que o cinema cria…

Padrão
O olhar sociológico sobre o universo imagético que o cinema cria…

A Sociologia é uma disciplina que atravessa gerações e traz à tona temas condizentes às maneiras e costumes das pessoas. O cinema também cumpre esse papel de contemporaneidade e de registro histórico. Por isso, é essencial que os professores busquem alternativas nos filmes que atraiam mais os alunos, aproximando-os de seu cotidiano e apresentando outra forma de linguagem.

As idéias positivistas do século XIX determinaram ao professor, o papel de transmissor incontestável, e ao aluno, a função de um mero espectador passivo, sem participação na construção do conhecimento. As coisas mudaram. A partir da segunda metade do século passado, os meios de comunicação tornaram-se forte influenciadores no cotidiano moderno e modificaram diversos processos, inclusive alguns atrelados a algumas técnicas educacionais.

A multiplicidade de linguagens dos meios de comunicação exige que os professores tragam à sala de aula materiais complementares como textos, imagens, vídeos, músicas etc. Obviamente, o trabalho com a tecnologia exige bom senso, criatividade, habilidade e didática e deve-se ter em mente que tudo funciona como um complemento da aula e a explicação do professor ainda é o mais importante para a aprendizagem do aluno.

No caso dos filmes, os professores podem realizar análises e fomentar discussões entre os alunos. Apresentar um problema e pedir para que os alunos encontrem uma solução ou ainda deem suas opiniões sobre aquele assunto. Neste contexto, a utilização de vídeos nas aulas de Sociologia é bastante relevante já que inúmeros filmes trazem temáticas cotidianas de maneira eficaz e inteligente.

Complemente sua aula

Dogville

Um bom filme para ser trabalhado nas aulas é “Dogville”, do diretor Lars Von Trier. A história retrata uma pequena cidade nas montanhas do meio-oeste dos EUA, durante a Grande Recessão Americana, na década de 30. A narrativa foca em Grace (Nicole Kidman), uma fugitiva de gângsters, que encontra abrigo ali na cidadezinha e começa a se envolver no cotidiano daqueles personagens.

Linhas pintadas demarcam o cenário da obra, para que se olhe somente para o que é verdadeiramente interessante. Dessa forma, é analisado o comportamento humano, a vida em comunidade e a tensão da escolha individual e coletiva, promovendo um olhar sobre a sociedade estadunidense.

O enigma de Kaspar Hauser

Outra boa opção é o filme “O enigma de Kaspar Hauser”, do diretor Werner Herzog. De origem alemã, o filme narra a história de Kaspar Hauser e sua privação cultural. Hauser foi criado em cativeiro e depois “recolocado” em meio à sociedade. È uma excelente opção para falar com os alunos sobre a relação entre língua, pensamento, conhecimento e construção social da realidade.

Quando vale ou é por quilo

No cinema brasileiro, “Quando vale ou é por quilo?”, dirigido por Sérgio Bianchi, é um longa que trata da formação social do nosso país. O filme fala sobre a época do período escravocrata no Brasil, utilizando-se do Arquivo Nacional(RJ), e chega às classes sociais de hoje. Além disso, contextualiza o funcionamento do terceiro setor, a sociedade que transfere o interesse do público para o privado, demonstrando que a escravidão e o poder, ainda estão enraizados na sociedade moderna.

Outros filmes também podem dar um bom embasamento para as aulas de Sociologia, como: A Revolução dos Bichos, Tempos Modernos, Shine, A insustentável leveza do ser, Cidade de Deus e muitos outros, com diferenças sensíveis entre si, diferentes estilos, propostas narrativas e estéticas entre os diretores.

Por Editora Moderna.
Conheça o tela crítica:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s