Programa Cooltura – falando de arte com diretor do documentário Janela Molhada

Padrão
Programa Cooltura – falando de arte com diretor do documentário Janela Molhada

O documentário, Janela Molhada, do diretor Marcos Enrique Lopes, conta a história do cinema pernambucano e seus pioneiros, os italianos Ugo Falangola e J. Cambieri, e também discute a restauração de acervos do cinema mudo brasileiro.

O Janela Molhada, leva o nome da técnica utilizada na recuperação dos originais de um filme antigos.

O documentário mostra-nos não só os primórdios do cinema em pernambuco e no Brasil, como também, conta um pouco de como a indústria cinematográfica brasileira surgiu, graças à iniciativa de pessoas que chegavam para fazer a vida na América. O curta fala também de dona Didi, filha de um dos pioneiros, que desde criança já fazia participações nos filmes do pai.

Você confere a entrevista que fizemos com Marcos Enrique Lopes para o Cooltura – Falando de arte, onde ele discute políticas públicas para o setor, o documentário e projetos futuros para o cinema:

Vale lembrar ao leitor, que a história cinema pernambucano se repete em todo o Brasil, e que o cinema “nasce” aqui pouco tempo depois de surgir no mundo. É importante fazer este grifo para que todos saibam a importância do audiovisual em nossas vidas e como a indústria nacional já foi grande. E o quanto ela ainda pode ser, depois da retomada.

Por Marcelo Ferraro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s