Caipiroskas: Dr. Drinks faz variações de um mesmo tema

Padrão

Este slideshow necessita de JavaScript.

Se pensarmos no que é a coquetelaria genuinamente brasileira, vamos lembrar de bate-pronto de dois tipos de drink: caipirinha e batidas.

Batidas são um capítulo a parte para o qual espero fazermos um projeto grandioso explorando esse universo. Caipirinha, como bem sabemos, é o drink nacional, sacramentado em lei e tudo mais. A esse fato junte a imensa e mundialmente conhecida variedade de frutas de nosso país, nossa invejada criatividade mais o jeitinho brasileiro e o que se tem? Caipiroskas!

Nomenclaturas
Para não ser tachado de contra a lei sabendo que caipirinha só pode ser assim chamada se for feita de cachaça, limão, açúcar e gelo, adotarei o nome caipiroska para qualquer outra mistura de cachaça ou vodka com frutas e açúcar.

Se alguém souber um nome dentro da lei para isso, todos nós bebedores desta coluna seremos muito gratos. Para as demais temos nomes específicos como sakerinha (de saquê) ou caipiríssima, com rum (que é quase o velho Daiquiri).

A variação mais simples: apenas trocar o limão por outra fruta | Foto: Nóri
Misturas simples, sabores sensacionais
Diante de todos os clássicos da coquetelaria com anos de história, feitos com os ingredientes aprimorados por gerações, símbolos de status e sofisticação, estamos nós com a caipirinha. Justamente essa simplicidade se fez notar: ela é o drink mais pedido ao redor do mundo. Agora são suas variantes que começam a ganhar espaço nos cardápios de todo bar que se preze – e por aqui já são velhas conhecidas admiradas por homens e mulheres nos mais variados momentos de consumo.

Tenha a manha e acerte sempre
Uma boa caipiroska é feita com frutas frescas, suculentas, e uma boa bebida alcoólica para criar a cama de sabores que animam a festa. Sobre a qualidade, pense sempre no que você quer: beber e curtir ou ficar horas com dor de cabeça xingando depois.

Abaixo listo alguns macetes para quem estiver disposto a criar caipiroskas que deixarão seus convidados com a certeza de que pedirão outra.

Tenha tipos diferentes de açúcares: Algumas caipiroskas ficam excelentes com açúcar mascavo, outras com raspas de rapadura e sempre à mão o tradicional açúcar refinado branco que estamos acostumados.

Use a criatividade: Toda fruta pode ser um bom drink em potencial. A mistura delas pode ser surpreendente. Minha dica é que antes de começar a session você macere e misture uma pequena quantidade das frutas que pretende utilizar em um copo experimentando novas combinações.

Produza contrastes: Misture ingredientes com características de sabor e texturas diferentes. Frutas doces com azedas, adstringentes com caudalosas, ácidas como carnosas. As combinações são infinitas, desde que você as faça conscientemente e não na hora de servir o pessoal.

Dê uma passadinha na cozinha antes: Algumas ervas que usamos como tempero ajudam a criar experiências sensoriais incríveis. Mais uma vez: prove um pouquinho para saber o que fica bom com o quê. Nessa categoria não é muito aconselhável o uso de orégano, pois seu sabor toma conta de tudo. Já o alecrim, o manjericão, pimentas e o louro são verdadeiros hits. Entram nessa categoria erva-doce, anis, e todo ingrediente que agregue sabor herbal.

Fruta é o que não falta no Brasil
Por onde começar? Claro que não daríamos apenas essas dicas, soltá-los em mar aberto e dizer pra remarem. Abaixo quatro receitas matadoras de caipiroska que já foram testadas e aprovadas por amigos que me deram a honra de servi-los em algum momento da vida.

1. Abacaxi com manjericão
Beleza: uma fruta que ao mesmo tempo é ácida, doce e caudalosa com uma erva que dá uma tremenda amplitude de sabor.

Macere uma fatia de abacaxi (com aproximadamente 2 dedos de espessura) junto com 6 folhas largas de manjericão e uma colher de açúcar mascavo ou raspas de rapadura. Adicione 60 mL de cachaça envelhecida em umburana ou carvalho, mexa bem e pingue algumas gotinhas de limão. Complete o copo com gelo e seja feliz.

2. Tangerina com pimenta rosa
Uma boa combinação entre uma fruta doce e levemente azeda com o aroma exótico da pimenta rosa. Com certeza quem bebe essa caipiroska não esquece jamais.

Macere meia tangerina com 10 “bolinhas” de pimenta rosa e uma colher de açúcar branco. Adicione 60 mL de vodka, mexa bem e complete o copo com gelo.

3. Carambola com kiwi
Duas frutas carnosas mas com texturas bem diferentes, o que cria um contraste para o toque da língua.

Macere uma carambola bem amarelinha com um kiwi sem casca e duas colheres de açúcar mascavo. Adicione 60 mL de vodka, mexa bem e complete o copo com gelo.

4. Melão com uva e alecrim
Essa combinação confere a essa caipiroska um sabor fresco e bem intenso. Muito marcante, vai surpreender todos que provarem pelo toque abençoado que o alecrim dá às frutas.

Macere uma fatia média de melão (de preferência melão pele de sapo que é mais doce) com 12 uvas (prefira as Thompson, que são mais doces e sem caroço) e duas colheres de açúcar branco. Adicione 60 mL de cachaça branquinha da mais tradicional. Pegue um ramo de alecrim, ponha-o na palma da mão e dê um tapa para que ele revele seu aroma. Mexa a caipirosla com esse ramo e deixe-o no copo. Complete com gelo, sirva e espere 17 segundos para começar a receber elogios.

Receituário popular de caipiroskas: o que vocês bebem?
Como temos leitores espalhados pelo país inteiro, quero pedir a contribuição de vocês de compartilharem conosco aqui nos comentários as receitas mais consumidas em suas regiões.

Com certeza os amigos do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país terão uma quantidade de opções maravilhosas, dada a quantidade de frutas exóticas que encontramos por lá. Assim como os do Sudeste e Sul tem muito o que dividir conosco dada a vocação na produção de cachaças dessas regiões.

Oficina Cachaça Literária com Dr. Drinks

Se você gosta de cachaça e bebe com orgulho ou se gosta de escrever essa é sua oportunidade. No dia 18 de junho, realizaremos um encontro etílico-literário junto com o pessoal da Mundo Mundano. Será uma tarde para aprender sobre (e degustar) cachaças e usando-a como inspiração para produção literária. Corram, as vagas estão acabando.

Fanpage do Dr. Drinks
Já curtiu? Dá um like lá para receber novidades diárias do mundo etílico e participar de promoções para os fãs.

Adorei escrever esse texto pra vocês. Espero que também tenham gostado e ponham em prática as dicas que demos aqui. Bebam com responsabilidade, pois quem bebe não tem plena noção na hora de dirigir e isso põe em risco vida de outras pessoas.

Um beijo e até semana que vem!

Por Papo de Homem/Junior WM

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s