Oásis e lagos trazem vida ao Mar de Areia de Ubari, na Líbia

Padrão

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os últimos dois dias no deserto na Líbia estão reservados para visitar os lagos de Ubari. Meu guia Ali Mahfud é claro e direto. “Deixamos o melhor para o final da viagem, para que você possa sair de nosso país com as mais belas paisagens registradas na sua mente.” Após um leve almoço no vilarejo Takarkiba, estamos prontos para entrar no mundo das dunas, novamente. Barka está agachado frente ao lado do veículo. Ele monitora um constante ruído de ar comprimido que sai da roda. “Estou esvaziando cada um dos pneus. A pressão deve estar bem baixa, apenas a 1,0 libra. É a única maneira para enfrentar a areia.” Deixamos Takarkiba e entramos no Mar de Areia de Ubari. Não existe nenhuma estrada, apenas vagas marcas de outros 4×4 que passaram na véspera. Cada vez que vencemos uma duna, encontramos uma nova paisagem nesse oceano de cores pálidas. Essa região é bem diferente daquela que vimos em Akakus. Não existem montanhas e nem pedras. Apenas uma areia que muda de cor constantemente, variando do amarelo claro ao vermelho. Os traços horizontais e ondulados da paisagem são apenas rompidos por elegantes tamareiras. Ao chegar ao primeiro lago, chamado Mavo, Ali pede que eu feche os olhos. O motor da Land Cruiser ronca com mais vontade, Barka mantém a aceleração e sinto que vencemos mais uma duna. No final, o motorista dá uma guinada e freia. “Pode abrir os olhos.” Como se eu estivesse à beira de um mirante, dou de cara com um impecável espelho de águas azuis. As margens do lago estão finamente bordadas com vistosas palmeiras verdes. É a imagem paradisíaca de um oásis. A areia sob meus pés é tão fina e delicada que resolvo caminhar descalço. Além de sentir melhor o solo, minha caminhada sem sapatos torna-se um exercício mais ágil, pois não preciso carregar comigo um quilo de areia em cada tênis. Uma delícia! Subo a duna para ter uma maior visão do espetáculo. O sol de fim da tarde esquenta o tom das areias e – confesso – também minhas emoções. Alguns locais quebram a monotonia das cores com seus cheches chamativos (foto). Barka conta que existem algumas dezenas de lagos no Mar de Areia de Ubari. Os cientistas calculam que os lagos já existiam no período Holoceno (há 12 mil anos) e muitas ferramentas da época Neolítica, usadas pelos antigos habitantes do local, foram encontradas em lagos que hoje desapareceram. As dunas do Mar de Areia de Ubari estariam na mesma região há mais de 100 mil anos. As águas dos três importantes lagos de Ubari – Mavo, Gaberun e Umm El Maa – são salgadas. Os habitantes locais insistem que seriam tão salgadas como as do Mar Morto. Mas, na realidade, as águas do Mar Morto possuem duas vezes mais sal que as dos lagos líbios. Faço questão de provar a água e concordo. Passo pelo lago Gaberun. Hoje ele está azul. Mas os locais dizem que ele sempre muda de cor, colorindo-se de verde ou vermelho, dependendo da época do ano e da quantidade de algas nas águas. Cedo pela manhã, conheço Umm El Maa (Mãe das Águas). É considerado como o mais belo de todos lagos da região. A luminosidade lateral enriquece formas e sombras. Passo duas horas divagando entre um festival de palmeiras, dunas e água. Antes de terminar a jornada no deserto e regressar ao asfalto, paramos em um último lago, Mandara. Ele está quase seco e contem apenas poças salgadas. “É um lago que desaparece. Cada vez que passo por aqui, fico triste ao ver a água diminuir”, diz Ali Mahfud, emocionado. Para uma cultura que valoriza a água como símbolo da vida, o desaparecimento de um lago representa uma lenta e triste morte. Ali Mahfud suspira e, com entusiasmo, lança a última palavra “Aqui no deserto estamos acostumados com a impermanência das coisas. Tudo muda, tudo passa. Como o vento e a areia.” Por Viajologia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s