Origami – arte milenar e imortal

Padrão

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com origem no século 17, o Origami é uma arte milenar que não se utiliza de tesouras nem cola para criar esculturas com o papel. Aclamada como uma das mais tradicionais manifestações culturais japonesas, a técnica utiliza apenas um pequeno número de dobras diferentes, que podem ser combinadas de diversas maneiras formando desenhos complexos. Utiliza-se de um pedaço de papel quadrado, cujas faces podem ser de cores ou estampas diferentes.

Ao contrário da crença popular, o origami tradicional japonês, que é praticado desde 1603, é menos rígido com essas convenções, permitindo até mesmo o corte do papel durante a criação do desenho, ou o uso de outras formas de papel que não a quadrada.

Reza a lenda japonesa que quem faz mil grous (garças) de origami tem direito a um desejo. A lenda foi popularizada por Sadako Sasaki, vítima da bomba atômica lançada em Hiroshima aos 2 anos de idade. Em agosto de 1955, soube da lenda e passou a fazer seus grous sempre com o mesmo pedido: curar-se e viver uma infância normal.

Em outubro de 1955, faleceu, tendo realizado 646 garças de papel. Para ser enterrada com mil, seus amigos fizeram mais 354 e ainda arrecadaram fundos para que se erguesse um monumento em sua memória. Com a estátua, estão inscritas as seguintes palavras: “Este é o nosso grito, esta é a nossa oração, paz na terra”.

Por Blog Escola de Criação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s