Calçadas verdes, um exemplo para urbanização das cidades.

Padrão

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma solução simples e de enorme potencial para melhorar a qualidade de vida dos pedestres e da cidade está sendo realizada desde o ano passado nas avenidas Santo Amaro e João Dias, na Zona Sul – a conversão das antigas calçadas em passeios verdes e acessíveis.

Com a remoção de milhares de metros de concreto, ladrilhos, pisos irregulares e completamente impermeáveis, a Prefeitura ajuda a combater as enchentes e ainda diminui o trânsito facilitando trajetos à pé, além de incrementar a vegetação em avenidas poluídas e áridas.

Nas tempestades da semana passada era fácil observar uma menor quantidade de poças de água onde essas calçadas já tinham sido implantadas na Av. Santo Amaro em comparação com outros trechos, resultando na diminuição das enxurradas para as partes inundáveis da região.

O pequeno custo frente aos enormes benefícios obtidos, mostram que projetos como esse devem ser replicados por toda a cidade. Segundo a Secretaria do Verde e Meio Ambiente do Município (SVMA), desde 2008 são exigidas calçadas verdes em todas as obras públicas e privadas licenciadas pelo Orgão.

Nossa sugestão é o plantio de árvores nativas paulistanas de diversos portes nesses novos espaços verdes das calçadas, desde pitangueiras, cabeludinhas e cambucis em locais estreitos até árvores grandes como copaíbas e jacarandás em espaços maiores. A metrópole agradece.

Por Ricardo Cardim/ do blog árvores de São Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s