Morro da Igreja, Pedra Furada e serra do Corvo Branco!

Padrão

Então, então…

Se a ideia é “subir, subir… ir por onde for descer até o céu cair ou mudar de cor” (como no sonho de Ícaro), você pode estar diante de uma bela oportunidade de conhecer a serra e curtir a natureza no seu esplendor; vale fazer isso acompanhado da turma, mas se deseja impressionar alguém em especial é bem bom também.

Subir os 1828 metros de altura do Morro da Igreja é inspirador. Se quiser suba a pé, de bike, mas de boa, vá motorizado é mais confortável.

Subimos o Morro da Igreja, descemos a serra do Corvo Branco (emaranhado de escarpas e montanhas) e você confere um pouco dessa aventura no Floripa Cool!! Urubici é o ponto de partida, localizada na serra catarinense, 160 km da capital, é um ótimo lugar para você ficar acima das nuvens, e em segurança, só pra sentir o vento gelado no seu rosto e ver pastos e campinas lá embaixo. Ao lado você enxerga a Pedra Furada, mas só se o tempo deixar. Portanto, paciência! Pedra furada é uma obra de arte da engenharia da natureza.

Olhando bem parece mais um portal, são 30 metros de circunferência.

Outra coisa, não se engane, tempo firme lá em cima é relativo. Então, se for conferir no verão, bote um casaco leve na mochila (temperatura média 16 graus), no inverno, agasalhe-se bem.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nós seguimos de carro pela Serra do Corvo Branco, diz à lenda que um caboclo andando por aquelas bandas, entre Urubici e Grão Pará, achou um ninho de pássaros brancos; com o passar do tempo, os pássaros foram ficando pretos. Eram Corvos!! Daí o nome. A estrada cruza dois paredões de 90m, o maior corte vertical feito em rocha no Brasil. A estrada possui 600 metros de asfalto e as mais sinuosas curvas que você pode ver numa descida de 5 km (só cascalho) entre montanhas e desfiladeiros em direção ao sul do estado. Aqui toda atenção é pouca, logo dirija com cuidado. Na boa, não beba! Se for beber, nem pensar em dirigir aqui.

Além disso, a região está repleta de aventuras: cannyons; cachoeiras; cavernas e inscrições rupestres (das mais antigas do sul do país). Que tal subir a serra e curtir uma aventura!!

Por Marcelo Ferraro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s